Mais de 1 mil manifestantes são presos em protestos na Rússia
capa

Mais de 1 mil manifestantes são presos em protestos na Rússia

Manifestação exigiu eleições justas depois que candidatos da oposição tiveram candidaturas barradas

Por
Agência Brasil

Manifestantes foram presos neste sábado na Rússia

publicidade

Mais de 1 mil manifestantes foram presos neste sábado no Centro de Moscou, na Rússia, durante um protesto por eleições justas e livres no país. Segundo informações da rede de notícias norte-americana CNN, o Ministério do Interior afirmou que ao menos 1.074 pessoas foram detidas. Um grupo de monitoramento independente, conhecido como OVD-Info, afirmou, no entanto, o número chegou a 1.127. 

Milhares de russos tomaram as ruas hoje depois que autoridades impediram diversos candidatos independentes e de oposição de participarem das eleições municipais marcadas para setembro.

Conforme a CNN, as autoridades russas alegram que os candidatos banidos não conseguiram obter assinaturas suficientes para participarem do pleito. Políticos da oposição rejeitaram a alegação. Apesar do grande número de pessoas presas, o protesto de hoje foi menor do aquele que ocorreu no último final de semana, quando 22 mil pessoas foram às ruas para se manifestar.