Março de 2020 foi um dos mais quentes já registrados, revela o Copernicus
capa

Março de 2020 foi um dos mais quentes já registrados, revela o Copernicus

De acordo com o serviço europeu que analisa as mudanças climáticas, o Sul da América do Sul também teve temperaturas acima da média

Por
AFP

Região Sul do Chile foi uma das que sentiu efeitos da elevação da temperatura desde os primeiros meses do ano

publicidade

O mês passado foi um dos meses de março mais quentes já registrados, atrás do recorde de 2016, informou nesta segunda-feira o serviço europeu Copernicus sobre mudanças climáticas. "As temperaturas globais foram semelhantes às de 2017 e 2019, ou seja, o segundo e o terceiro mês de março mais quentes", apontou Copernicus em comunicado.

Na Europa, embora as temperaturas tenham se aproximado das médias registradas entre 1981 e 2010 no Oeste, foram "muito mais altas ao redor do Mar Báltico e no leste".

Também estiveram acima da média em "grande parte da Rússia e em muitas regiões da Ásia, no leste e oeste dos Estados Unidos, no México, no sul da América do Sul, na América Central e no oeste da Austrália", de acordo com Copernicus.