Netanyahu comemora vitória "contra as previsões" nas eleições de Israel

Netanyahu comemora vitória "contra as previsões" nas eleições de Israel

Premier investigado por corrupção deve conseguir formar maioria para governar

AFP

publicidade

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, indiciado por corrupção, comemorou nesta terça-feira sua "vitória gigantesca", "contra todas as previsões", nas eleições legislativas da véspera, cruciais para sua sobrevivência política. "Lembro da nossa primeira vitória, em 1996, mas esta noite a vitória é maior ainda, porque foi contra todas as previsões", declarou o premier, encantado por frustrar os que previram "o fim da era Netanyahu" em Israel.

Benny Gantz, o principal adversário de Netanyahu nas legislativas, admitiu que ficou decepcionado com os resultados obtidos por seu partido. "Compartilho os sentimentos de decepção e dor de vocês. Esperávamos um outro resultado", declarou Gantz, líder do partido de centro Azul e Branco, para seu partidários em Tel-Aviv. "Mas é preciso olhar o copo meio cheio. Criamos algo maravilhoso chamado Azul e Branco e continuaremos porque não desistiremos dos nossos valores", declarou Gantz, ex-chefe do Estado-Maior do Exército israelense.

As pesquisas de boca de urna atribuem ao Likud, de Netanyahu, entre 36 e 37 cadeiras, contra entre 32 e 34 para o partido de Gantz. Com seus aliados da direita radical e dos partidos judeus ultraortodoxos, o Likud pode somar 59 cadeiras, ficando muito próximo das 61 de maioria parlamentar.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895