Opositores entram em confronto com apoiadores de Morales na Bolívia
capa

Opositores entram em confronto com apoiadores de Morales na Bolívia

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas

Por
AFP

Protestos em Santa Cruz, na Bolívia

publicidade

Os confrontos de rua entre partidários e opositores do presidente Evo Morales registrados na quarta-feira em Santa Cruz, leste da Bolívia, deixaram um balanço preliminar de dois feridos. Um adulto e um adolescente sofreram ferimentos na cabeça, segundo informações do canal de televisão Bolivisión.

As brigas foram registradas em um bairro populoso, o "Tres Mil", leal a Morales, quando os oponentes tentaram pressionar o cumprimento da greve decretada por um poderoso comitê civil da região.

Os incidentes começaram ao amanhecer em Santa Cruz, com a queima dos escritórios do tribunal eleitoral departamental, como aconteceu entre segunda e terça-feira com escritórios semelhantes nas cidades de Sucre, Potosí e Cobija. 

Em vários pontos de Santa Cruz, com cerca de 2 milhões de habitantes, os vizinhos cortaram o tráfego de veículos com queima de pneus para tentar impor a greve convocada para protestar sobre uma possível não realização do segundo turno presidencial no país.