Otan saúda pedidos de adesão de Finlândia e Suécia

Otan saúda pedidos de adesão de Finlândia e Suécia

Secretário Jens Stoltenberg disse que Organização vai agir rapidamente para garantir a entrada dos países

AE

Jens Stoltenberg descreveu a oportunidade como "momento histórico"

publicidade

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, disse nesta quarta-feira (18) que a aliança militar vai aproveitar a oportunidade do que descreveu como "momento histórico" e agir rapidamente para garantir a entrada de Finlândia e Suécia, que submeteram pedidos formais de adesão ao grupo.

"Saúdo calorosamente os pedidos da Finlândia e da Suécia de aderirem à Otan. Vocês são nossos parceiros mais próximos", disse Stoltenberg. "Todos os aliados estão de acordo sobre a importância da expansão da Otan. Todos concordamos que devemos continuar juntos e todos concordamos que esse é um momento histórico que devemos aproveitar," acrescentou.

A Rússia, cuja guerra na Ucrânia incentivou finlandeses e suecos a buscar a adesão à Otan, se manifestou contra o gesto e ameaçou reagir.

No entanto, vários aliados da Otan, liderados por EUA e Reino Unido, já sinalizaram que estão dispostos a oferecer apoio de segurança aos governos da Finlândia e Suécia se o presidente russo, Vladimir Putin, tentar provocá-los ou desestabilizá-los no período anterior à aprovação dos pedidos. As informações são da Associated Press.

Veja Também

 

 



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895