Outro pacote suspeito endereçado à CNN é interceptado

Outro pacote suspeito endereçado à CNN é interceptado

Cesar Sayoc, de 56 anos, foi preso na sexta-feira na Flórida sob a acusação de enviar 13 bombas

Por
AFP

Este é o terceiro pacote suspeito enviado à emissora CNN


publicidade

Mais um pacote suspeito endereçado à CNN foi interceptado nesta segunda-feira em posto de correio em Atlanta, informou a direção da emissora em um comunicado. Se for encontrado um artefato explosivo, será a 15ª bomba - e a terceira da CNN - de uma onda dirigida a proeminentes democratas e críticos de Donald Trump, supostamente por um defensor do presidente na Flórida.

"Esta manhã, outro pacote suspeito endereçado à CNN foi interceptado em uma agência dos correios de Atlanta", disse o presidente da CNN Worldwide, Jeff Zucker, em um comunicado. "Não há perigo iminente no CNN Center", disse ele em uma mensagem aos funcionários que também foi publicada no Twitter.

Desde a última quarta-feira, todas as correspondências para os escritórios da CNN nos Estados Unidos foram separadas para verificação e "então este pacote não teria vindo diretamente para o CNN Center, mesmo que não tivesse sido interceptado primeiro", explicou ainda.

Cesar Sayoc, de 56 anos, que foi preso na sexta-feira na Flórida sob a acusação de enviar 13 bombas e as autoridades alertaram que correspondência endereçada a mais pessoas pode estar em circulação.

Quem são os alvos e o número de pacotes recebidos

George Soros: O bilionário e filantropo recebeu um pacote na sua casa. Soros é crítico ferrenho de Trump.

Hillary Clinton: A ex-secretária de Estado e ex-candidata à Presidência dos EUA pelo partido democrata recebeu um pacote no seu endereço residencial.

Barack Obama: O ex-presidente democrata por dois mandatos recebeu um pacote.

Eric Holder: Um pacote foi enviado ao escritório em Washington de Eric Holder, procurador-geral nos últimos anos do governo de Obama.

Maxine Waters: Dois pacotes foram enviados para a congressista democrata Maxine Waters.

Joe Biden: Dois pacotes endereçados a Joe Biden, ex-vice-presidente de Obama, foram interceptados em uma agência de correios de Delaware.

Robert De Niro: O astro do cinema recebeu um pacote no escritório em Nova Iorque da produtora co-fundada por ele.

John Brennan, via CNN: Um pacote em nome do diretor da CIA de Obama, John Brennan, foi descoberto nos escritórios de Nova York da rede de notícias CNN.

Cory Booker: senador americano democrata recebeu o pacote no endereço de seu escritório.