Polônia nega entrada de delegação russa em reunião da OSCE

Polônia nega entrada de delegação russa em reunião da OSCE

País restringiu ingressos de cidadãos russos por conta guerra

AFP

publicidade

A Polônia negou a entrada em seu território à delegação russa que participaria de uma reunião ministerial da Organização para Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) no início de dezembro em Lodz (centro), informou nesta sexta-feira à AFP o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores em Varsóvia.

O porta-voz, Lukasz Jasina, respondeu com um conciso "sim" quando questionado pela AFP se o governo havia recusado a entrada de enviados russos na reunião da OSCE. A Polônia e os três países bálticos (Estônia, Letônia e Lituânia) anunciaram em setembro que iriam restringir a entrada de cidadãos russos nos seus territórios, após a invasão russa da Ucrânia.

Os ministros das Relações Exteriores da OSCE - uma organização de 57 países, incluindo a Ucrânia - realizarão sua reunião anual em 2 de dezembro em Lodz.

O conclave ministerial constitui o núcleo de decisão da organização e a reunião anual permite-lhe avaliar a situação da região euroatlântica em matéria de segurança e o seu trabalho em todos os seus domínios de atividade. Jasina indicou pouco antes, também por texto, que naquele encontro "não está prevista a visita" do chanceler russo, Sergei Lavrov, sem informar se sua ausência se deveu ao fato de ter a entrada negada na Polônia. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895