Portugal decreta estado de alerta por coronavírus
capa

Portugal decreta estado de alerta por coronavírus

País anunciou até o momento 78 casos de COVID-19, sem nenhuma vítima fatal

Por
AFP

Com 78 casos confirmados de coronavírus, Portugal entra em estado de alerta

publicidade

O governo de Portugal decretou estado de alerta para poder mobilizar o serviço de proteção civil, a polícia e o exército em seus esforços para controlar a epidemia provocada pelo novo coronavírus. "Os ministros do Interior e da Saúde decidiram declarar estado de alerta em todo o país, para que a proteção civil e as forças de segurança possam intervir", anunciou o governo socialista em um comunicado.

Com o objetivo de limitar a propagação do novo coronavírus, o governo português aprovou quase 30 medidas de exceção, entre elas o fechamento a partir de segunda-feira de creches, escolas e universidades.

O primeiro-ministro Antonio Costa anunciou na quinta-feira à noite as grandes diretrizes das medidas "temporárias", que incluem o fechamento de casas noturnas, a proibição de desembarque nos portos do país de passageiros de cruzeiros e a suspensão as visitas aos asilos.

Em Lisboa, alguns supermercados estão ficando sem frutas e verduras, conservas e papel higiênico. Portugal anunciou até o momento 78 casos de COVID-19, sem nenhuma vítima fatal.

Como prevenir o contágio do coronavírus 

De acordo com recomendações do Ministério da Saúde, há pelo menos cinco medidas que ajudam na prevenção do contágio do novo coronavírus:

• lavar as mãos com água e sabão ou então usar álcool gel.

• cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

• evitar aglomerações se estiver doente.

• manter os ambientes bem ventilados.

• não compartilhar objetos pessoais.