Rainha diz apoiar decisão de Harry e Meghan, mas estabelece período de transição
capa

Rainha diz apoiar decisão de Harry e Meghan, mas estabelece período de transição

Monarca de 93 anos, contudo, disse que preferia que eles "continuassem trabalhando como membros da Família Real em período integral"

Por
Correio do Povo

Família Real se encontrou para discutir a questão

publicidade

Após uma reunião com os príncipes Charles, William e Harry para discutir o anúncio deste e de sua esposa, Meghan Markle, de se afastarem de suas funções como membros da monarquia britânica, a rainha Elizabeth II emitiu um comunicado no qual afirma que "apoia totalmente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma família jovem". "Foi acordado que haverá um período de transição em que os Sussexes passarão algum tempo no Canadá e no Reino Unido. Esses são assuntos complexos para minha família resolver, e há mais trabalho a ser feito, mas solicitei que as decisões finais fossem tomadas nos próximos dias", diz o texto divulgado pelo Palácio de Buckingham.

A monarca afirma que as discussões "sobre o futuro de meu neto e de sua família", realizadas no palácio de Sandringham, foram muito construtivas. "Minha família e eu apoiamos totalmente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma família jovem. Embora tenhamos preferido que continuassem trabalhando como membros da Família Real em período integral, respeitamos e entendemos o desejo de viver uma vida mais independente como família, mantendo uma parte valiosa de minha família. Harry e Meghan deixaram claro que não querem depender de fundos públicos em suas novas vidas", afirma a rainha de 93 anos.