Sobe para 17 número de mortos em incêndio de torre comercial em Bangladesh

Sobe para 17 número de mortos em incêndio de torre comercial em Bangladesh

Causas do incidente ainda não foram descobertas

AFP

Equipes sinalizaram que número de mortos pode aumentar no decorrer do dia

publicidade

Dezessete pessoas morreram nesta quinta-feira no incêndio em uma torre de escritórios de 19 andares em Daca, capital de Bangladesh, informaram os serviços de socorro. Parte das vítimas se jogou pelas janelas para escapar do fogo. "O balanço é de 17 mortos, e poderá aumentar", afirmou à AFP o chefe dos bombeiros, Khurshid Alam. "Unidades de bombeiros trabalham no local. A Força Aérea e a Marinha de Bangladesh também se juntaram ao combate ao fogo", declarou Mohamad Russel, por sua vez, um funcionário da sala de controle central dos bombeiros de Daca. No momento, as causas do incêndio são desconhecidas.

As imagens de redes sociais mostram chamas e fumaça preta provenientes da fachada do edifício. Helicópteros jogavam água sobre a torre enquanto funcionários trancados pediam ajuda, de acordo com as imagens transmitidas pela televisão.

"Quando eu soube que havia um incêndio no edifício saí rápido", disse à AFP Shoikot Rahman, que trabalha na torre. "Muitos dos meus colegas ainda estão bloqueados nos escritórios", acrescentou.

Incêndios e desabamentos de construção são comuns em Bangladesh, um país pobre da Ásia do Sul com 160 milhões de pessoas, e onde muitas vezes as normas de segurança não são respeitadas. No mês passado, 70 pessoas morreram em um incêndio que destruiu vários edifícios na parte antiga de Daca, localidade que armazenava produtos químicos ilegalmente.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895