Trabalhadores de Escondida, a maior mina de cobre do Chile, aprovam greve

Trabalhadores de Escondida, a maior mina de cobre do Chile, aprovam greve

Grupo rejeitou por 99,5% a última oferta da empresa, controlada pela multinacional BHP

AFP

publicidade

Os trabalhadores da mineradora Escondida, a mina de cobre de maior produção do mundo, aprovaram iniciar uma greve, ao rejeitarem por 99,5% a última oferta da empresa, controlada pela multinacional BHP.

Após os resultados da votação, que durou até a noite de sábado, o sindicato informou em um comunicado que houve 2.164 votos favoráveis a iniciar a greve, contra 11 para aceitar a última oferta do empregador.

Os líderes do sindicato e a empresa podem iniciar um último diálogo com a mediação do governo em um prazo de entre cinco e dez dias.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895