Tufão atinge Tóquio e provoca distúrbios nos transportes
capa

Tufão atinge Tóquio e provoca distúrbios nos transportes

Rajadas de vento ultrapassaram os 200 km/h

Por
AFP

Tufão causou problemas nos transportes em Tóquio

publicidade

A região de Tóquio era atingida nesta segunda-feira (horário local) pela passagem do tufão Faxai, em meio a alertas de evacuação para dezenas de milhares de pessoas, cortes generalizados no fornecimento de energia e graves perturbações no transporte público. Com rajadas de vento de até 216 km/h, o Faxai chegou à região de Chiba, a sudeste da capital japonesa, logo após cruzar a baía de Tóquio. 

Autoridades locais emitiram recomendações de evacuação para cerca de 390 mil pessoas, que deveriam se concentrar em abrigos seguros ante a força dos ventos e da chuva. Em vários bairros da capital as escolas não abriram nesta segunda devido à ventania, que deve permanecer mesmo após a passagem do tufão. Durante a madrugada, cerca de 900 mil usuários ficaram sem energia elétrica na periferia, atendida pela empresa Tepco, principalmente na região de Chiba. 

Segundo a imprensa local, houve danos a residências na região sul de Shizuoka, e uma jornalista da AFP constatou estragos na região metropolitana de Tóquio. Imagens de TV mostravam o desabamento do teto de um posto de gasolina na região de Tateyama, ao sul de Tóquio. Também houve danos em ferrovias, principalmente em uma das linhas que ligam a capital à periferia sul, no sentido Yokohama, devido à queda de árvores. 

Autoridades locais não receberam relatos de feridos. Embora o tufão já tenha passado pela baía de Tóquio, autoridades pediram que a população evitasse sair de casa, uma vez que as rajadas de vento continuavam. - Forte impacto nos transportes -A empresa de transporte ferroviário Central Japan Railway Company cancelou uma centena de partidas de trens de alta velocidade entre Tóquio e as cidades do centro e oeste do país. 

O serviço era retomado lentamente no começo da manhã. Centenas de voos foram cancelados, afetando milhares de passageiros, e ferries que circulam pela baía de Tóquio também não operaram. Estradas litorâneas foram fechadas no oeste da capital, em Kanagawa. A chegada do Faxai a Tóquio coincidiu com o desembarque das equipes que irão participar da Copa do Mundo de Rúgbi a partir do próximo dia 20. 

Na manhã desta segunda, o Faxai se encontrava a nordeste de Tóquio, na região de Ibaraki, e deveria manter sua rota na mesma direção, rumo ao Pacífico, deslocando-se a uma velocidade média de 25 km/h. O Japão é atingido regularmente por tufões e tempestades tropicais entre o fim do verão e o começo do outono.