Brigada Militar recebe reforço de 860 novos soldados e mais de 1,7 mil chegam em 2021

Brigada Militar recebe reforço de 860 novos soldados e mais de 1,7 mil chegam em 2021

Formaturas ocorreram em Porto Alegre, Montenegro, Osório, Santa Maria, Rio Pardo, Passo Fundo e Santa Rosa

Correio do Povo

Entre os novos policiais militares estão 685 homens e 175 mulheres

publicidade

A formatura de 860 novos soldados da Brigada Militar, realizada na manhã desta segunda-feira, foi marcada pela confirmação do governador Eduardo Leite de que haverá mais duas reposições de efetivo da BM em 2021. “Planejamos para o ano que vem o chamamento de 858 novos soldados em março e outros 858 em novembro. Totalizando mais de 1,7 mil novos soldados de um total de 3,2 mil novos servidores de segurança pública a serem chamados no ano de 2021”, anunciou durante a cerimônia realizada com 172 formandos na Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre. A solenidade também ocorreu nos polos de ensino da BM nas cidades de Montenegro, Osório, Santa Maria, Rio Pardo, Passo Fundo e Santa Rosa. Todas tiveram transmissão online. “Nosso governo tem garantido reposição ano a ano, de forma responsável, do nosso efetivo”, enfatizou.

O governador Eduardo Leite adiantou também que serão entregues nas próximas semanas as primeiras viaturas semiblindadas para a Brigada Militar. “Temos um plano de investimento para a nossa segurança pública que tem aplicado recursos para viabilizar armamento e colete”, lembrou. “Daqui para frente vamos adquirir somente viaturas semiblindadas para proteger a vida e garantir a segurança dos policiais para exercer de forma mais qualificada a missão de proteger nossa sociedade”, destacou. “Estamos investindo também nos nossos recursos humanos”, acrescentou.

Ele ainda ressaltou a queda em todos os índices de criminalidade nos últimos dois anos no RS. “Não por mera casualidade, mas por ação planejada, estruturada e estratégica”, frisou. “O Rio Grande do Sul em 2020 é um dos cinco únicos estados em que houve redução de homicídios no Brasil”, disse. Eduardo Leite enfatizou que “a trajetória de crescente melhoria da segurança pública” ocorre devido ao programa RS Seguro, que foca por exemplo em 23 municípios com territórios conflagrados que respondem por 70% dos homicídios e 90% dos roubos de veículos.

Já o vice-governador e secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, saudou os novos policiais militares. “Não tenho dúvida alguma que vocês estão entrando na melhor polícia militar do Brasil que é a nossa Brigada Militar, uma instituição reconhecida por todos gaúchos e gaúchas”, assegurou. “Vocês estão em uma atividade diferenciada e que precisa de muita vocação. Vocês juraram com a própria vida a defesa da sociedade gaúcha”, complementou.

Entre os 860 novos soldados estão 685 homens e 175 mulheres. O comandante-geral da BM, coronel Rodrigo Mohr Picon, observou que todos foram formados em quatro escolas e três polos de ensino da corporação. “Em um ano marcado pela pandemia do coronavírus, a nossa instituição não parou. Ao contrário, manteve todos os serviços de atendimento à comunidade funcionando normalmente”, salientou. “A BM não para nunca, Trabalhamos 24 horas por dia, todos os dias da semana. Somos uma instituição forte que preserva seus valores: hierarquia, disciplina, honestidade, lealdade, denoto e probidade. Somos mais de 18 mil homens e mulheres em todas as cidades do Rio Grande do Sul”, recordou.

O coronel Rodrigo Mohr Picon avaliou que a atuação dos 860 novos soldados vai beneficiar todas as regiões do Estado, sendo perceptível nas ruas de várias cidades. O destino dos novos policiais militares ainda em fase de definição. “Nos próximos dias devem estar saindo os locais onde vão servir”, calculou. 

Foto: Everton Ubal / Brigada Militar / Especial / CP


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895