Carregamento de meia tonelada de maconha é apreendido na BR-101, em Torres
capa

Carregamento de meia tonelada de maconha é apreendido na BR-101, em Torres

A droga, vinda do Paraná, estava entrando no Rio Grande do Sul pela divisa com o sul catarinense

Por
Gabriel Guedes

Além dos 500 quilos de maconha, a PRF apreendeu, em Torres, placas clonadas que eram utilizadas para despistar os agentes durante o transporte


publicidade

Um carregamento de meia tonelada de maconha foi apreendido, na BR 101, em Torres, por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na abordagem realizada na manhã desta sexta-feira, os patrulheiros interceptaram também um veículo que fazia a escolta da droga, que estava vindo de Santa Catarina. Os condutores, um homem de 32 anos, natural de Campo Grande (MS), e outro, de 29 anos, de Palotina (PR), disseram que receberiam R$ 5 mil para trazer a droga do Paraná e entregá-la no Rio Grande do Sul.

Os policiais do posto de Torres receberam informação do serviço de inteligência da PRF de que um Jeep Renegade, suspeito de tráfico, estaria ingressando no estado vindo de Santa Catarina. Os agentes começaram a monitorar a rodovia, utilizando um drone, e visualizaram na rodovia federal, ainda no lado catarinense, pouco depois do acesso ao município de Passo de Torres, um veículo com as características reportadas. O fluxo da rodovia, no sentido Florianópolis-Porto Alegre, foi bloqueado nas imediações do posto da PRF de Torres, pouco após a ponte sobre o Rio Mampituba e o carro acabou interceptado pelos patrulheiros, que encontraram a carga de maconha no interior do Renegade.

Ao realizarem a vistoria detalhada no veículo, os policiais constataram que era roubado e estava utilizando placas clonadas de um automóvel semelhante do Rio de Janeiro (RJ). Dentro do Jeep, os policiais encontraram outras placas veiculares. Conforme a PRF, as identificações eram colocadas nos veículos ao longo do trajeto para tentar enganar os policiais. Seguindo mais informações do setor de inteligência, logo em seguida foi abordado um Honda Civic com placas de Farroupilha, que fazia a função de batedor da carga.


Os dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados, juntamente com o entorpecente, os veículos e as placas, à polícia judiciária de Porto Alegre.