capa

Casal é encontrado morto em apartamento na Zona Sul de Porto Alegre

Vítimas foras esfaqueadas em condomínio na avenida Nonoai

Por
Correio do Povo

Além dos corpos, os policiais militares depararam-se com o filho do casal, também caído de bruços, mas vivo

publicidade

Mistério no Condomínio Residencial Cidade Jardim, na avenida Nonoai, na Zona Sul de Porto Alegre. Na madrugada desta quinta-feira, o engenheiro civil Alaberto Diego Cárcamo Ulloa, 70 anos, e a ex-esposa Maria Orildes dos Santos, 56 anos, foram encontrados mortos dentro do apartamento 432 do bloco Q. As vítimas foram esfaqueadas. Vizinhos acionaram a BM pouco antes da 1h30min e relataram forte discussão e também gritos de socorro da mulher dentro do imóvel.

Mobilizados na ocorrência, o efetivo do 1º BPM compareceu no local e com um pé-de-cabra teve de arrombar a porta que encontrava-se fechada por dentro. Além dos corpos localizados em dependências diferentes do apartamento, os policiais militares depararam-se com o filho do casal, de 26 anos, também caído de bruços, mas vivo.

Uma equipe do Samu encaminhou-o ao Hospital de Pronto Socorro, onde ficou internado sob custódia da BM. Ele residia com o pai no apartamento, sendo visitado constantemente pela mãe. O imóvel foi isolado para o trabalho do Instituto-Geral de Perícias, sendo recolhidos depois os corpos pelo Departamento Médico Legal.