Denarc prende traficante com maconha de alta qualidade em Porto Alegre

Denarc prende traficante com maconha de alta qualidade em Porto Alegre

Criminoso atendia clientela de alto poder aquisitivo em zonas nobres da cidade

Correio do Povo

Houve ainda o recolhimento de 180 comprimidos de ecstasy, 25 gramas de cocaína, um celular e R$ 1.850,00 em dinheiro.

publicidade

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil confirmou na manhã desta quarta-feira, após análise, a alta qualidade da maconha apreendida no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Na ação, deflagrada nessa terça-feira, os agentes sob comando do delegado Fernando Siqueira apreenderam pouco mais de dois quilos de maconha, sendo então constatada que a mesma possui alto teor do princípio ativo THC. Houve ainda o recolhimento de 180 comprimidos de ecstasy, 25 gramas de cocaína, um celular e R$ 1.850 em dinheiro.

Um traficante foi preso no momento em que se deslocava em um Ford Fiesta para atender um pedido no sistema de tele-entrega no bairro Moinhos de Vento. No veículo e depois na residência dele, situada no bairro Rubem Berta, os policiais civis apreenderam os entorpecentes. A ação ocorreu com amparo judicial, sendo cumprido mandado de busca e apreensão na casa.

As investigações do Denarc começaram há dois meses para efetuar o flagrante do traficante, de 34 anos, que fornecia drogas de alta qualidade para clientes de maior poder aquisitivo. “A maconha, em razão da pureza da droga, era vendida principalmente em bairros nobres”, observou o delegado Fernando Siqueira, lembrando que o entorpecente custa mais caro do que o normal. “O traficante vendia também os chamados ‘camarões da maconha’, que é a parte da planta onde está mais concentrado o THC”, acrescentou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895