Filho é preso pela Polícia Civil após assassinar os próprios pais em Jaguarão

Filho é preso pela Polícia Civil após assassinar os próprios pais em Jaguarão

Jovem foi localizado na casa de um parente no final da madrugada deste domingo

Correio do Povo

Motivação do crime e envolvimento de outras pessoas ainda estão sendo investigadas

publicidade

A Polícia Civil anunciou na manhã deste domingo a prisão preventiva do suspeito de ter assassinado a tiros o próprio pai e a própria mãe em Jaguarão, na região Sul do Estado, na fronteira com o Uruguai. O crime ocorreu na madrugada da última sexta-feira na residência do casal na rua 24 de Maio, na área central da cidade.

Segundo a delegada Juliana Garrastazu Ribeiro, os motivos do duplo homicídio ainda não está “suficientemente esclarecidos” e “estão sendo investigadas outras pessoas por envolvimento”. A titular da DP de Jaguarão aguarda ainda aos laudos do Instituto-Geral de Perícias. Um deles fere-se ao tipo de arma usada nas execuções que teriam sido planejada ao longo dois anos, período em que o jovem procurava um cúmplice. “Calibre a princípio 22”, observou. O suspeito foi detido no final da madrugada deste domingo na casa de um parente. Ele  já teria confessado.

A morte do casal, sendo o homem de 50 anos e a mulher de 40 anos, chocou a cidade. O filho, de 20 anos, atirou na cabeça dos pais que dormiam no quarto da residência do casal. As vítimas faleceram durante atendimento médico no hospital. O autor do crime não tinha antecedentes criminais. A caminhonete do casal, que havia desaparecida, foi encontrada abandonada depois. A arma usada no duplo homicídio ainda não foi encontrada pelos policiais civis encarregados do caso.

LITORAL NORTE

Em Capão da Canoa, no Litoral Norte, o efetivo do 2° Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (2°BPAT) da Brigada Militar prendeu um homem, de 39 anos, por tentativa de homicídio na tarde de sábado. Ele esfaqueou e feriu nas pernas o proprietário, de 49 anos, de um estabelecimento comercial, situado na avenida Paraguassu, no bairro Curumim. O sobrinho da vítima, de dez anos, também foi golpeado e teve ferimentos graves nos pulmões.

O próprio autor das facadas feriu-se durante o ataque cujo alvo era um funcionário do local que não se encontrava naquele momento no estabelecimento comercial. O agressor chegou no local em um Renault Clio, com placas de Sombrio, em Santa Catarina. Segundo informações de populares, o suspeito possuía desavenças com o empregado. As vítimas e o criminoso foram encaminhados para atendimento médico no hospital pelo Samu.

VALE DO RIO DOS SINOS

Em Novo Hamburgo, o efetivo do 3° BPM prendeu cinco criminosos na noite de sábado dos quais quatro foram reconhecidos como autores de um homicídio cometido na cidade de Veranópolis, na Serra. As detenções ocorreram na avenida dos Municípios, no bairro Canudos. Os bandidos estavam em um Toyota Corolla que foi abordado pelos policiais militares.

O homicídio ocorreu na rua Papa João Paulo II, no bairro Pôr do Sol, em Veranópolis. Antes dos detidos em Novo Hamburgo, a Brigada Militar efetuou a prisão de outros dois envolvidos no crime em um sítio na ERS 355. Armas e coletes balísticos foram apreendidos.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895