Golpista gaúcho é preso na divisa entre Paraná e Santa Catarina
capa

Golpista gaúcho é preso na divisa entre Paraná e Santa Catarina

Residente em Gravataí, o criminoso furtou uma caminhonete em uma loja ao se passar por policial rodoviário federal

Por
Correio do Povo

Criminoso foi preso com uma Chevrolet S10 na BR 101, em Garuva (SC), após ser avistado em fuga na BR 376, em Guaratuba (PR).

publicidade

Um golpista gaúcho foi preso pela Polícia Rodoviária Federal na divisa entre o Paraná e Santa Catarina. Ele foi detido na noite dessa segunda-feira na BR 101, em Garuva (SC), após ser seguido desde a BR 376, em Guaratuba (PR). O criminoso, de 41 anos, dirigia uma Chevrolet S10 que havia sido furtada por ele durante a tarde de uma loja automotiva na avenida Corifeu de Azevedo Marques, em Apucarana (PR).

Para conseguir levar a caminhonete, o homem se passou por policial rodoviário federal e disse que faria um test drive com o veículo e o levaria a um mecânico, mas não retornou mais ao estabelecimento comercial. A Polícia Militar foi acionada e alertou então a PRF que já tinha informações de tentativa de golpes em outras cidades paranaenses.

Residente em Gravataí (RS), o golpista tinha como foto de fundo do telefone celular apreendido a imagem dele com uma camisa da Polícia Rodoviária Federal. Fotografias com materiais da Associação dos Policiais Rodoviários Federais do Rio Grande do Sul também foram encontradas no aparelho telefônico. Segundo a PRF, o criminoso também enganou uma servidora pública e moradora de Apucarana que havia conhecido no final de setembro em Joinville (SC). Ela estava tendo um relacionamento amoroso com o homem e foi vítima pois ele comprou um veículo financiado em nome dela na mesma loja automotiva onde acabaria furtando a caminhonete. O golpista já estava até residindo na casa da mulher.