Inquérito sobre a morte de Paula Schaiane Perin Portes é enviado à Justiça

Inquérito sobre a morte de Paula Schaiane Perin Portes é enviado à Justiça

Cinco indivíduos, ligados a uma facção, foram indiciados envolvidos no crime ocorrido em Soledade

Correio do Povo

Peritos do IGP examinaram Ford Fiesta suspeito de ter levado corpo da vítima

publicidade

A Polícia Civil anunciou o envio ao Poder Judiciário do inquérito sobre o caso do assassinato da jovem Paula Schaiane Perin Portes, 18 anos, em Soledade. Encarregada do caso, a delegada Fabiane de Vargas Bittencourt informou que foram cinco indicados pelo crime. “Quatro por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e organização criminosa, além de um por ocultação e organização criminosa”, explicou. As investigações que ultrapassaram os 80 dias resultaram em cerca de 800 páginas no inquérito. “Os laudos serão remetidos tão logo aportem na delegacia”, lembrou, referindo-se à coleta de material biológico realizada pelo Instituto-Geral de Perícias no Ford Fiesta, de cor branca, suspeito de ter transportado o corpo da vítima. Os resultados dos exames de álcool, tóxico e violência sexual também são aguardados.

A delegada Fabiane de Vargas Bittencourt observou que o motivo para que a jovem fosse morta, através de asfixia com o golpe chamado mata-leão, não foi descoberto. A suspeita é de que ela sabia de algo sobre autores do crime e cujo conteúdo estaria no celular dela nunca encontrado.

O Posto de Criminalística de Santa Cruz do Sul realizou a perícia no Ford Fiesta na noite do dia 28 de agosto passado, sendo aplicado inclusive luminol para evidenciar possível sangue oculto no carro. O material obtido foi então encaminhado ao Laboratório de DNA do IGP, em Porto Alegre. Em até 15 dias deve estar concluído o laudo pericial. No dia 27 de agosto, o automóvel foi localizado pelos policiais civis no estacionamento de um supermercado na avenida Espumoso, no bairro Ipiranga, em Soledade.

Três indiciados diretamente no homicídio qualificado estão presos, enquanto o quarto investigado, principal suspeito da morte da vítima, permanece foragido. Já o quinto indivíduo não teve a prisão decretada pela Justiça e vai responder em liberdade somente por ocultação de cadáver e organização criminosa. Todos são ligados a uma facção que atua no tráfico de drogas e roubo de cigarros.

Relembre o caso

Na noite de 10 de junho deste ano, Paula Schaiane Perin Portes estava em um apartamento com amigas e recebeu uma mensagem pelo WhatsApp para se encontrar com o principal suspeito agora foragido. Nas investigações, os policiais civis obtiveram imagens de câmeras de monitoramento que mostram a jovem chegando no local do encontro, no bairro Fontes, e sendo carregada inconsciente para dentro de um outro veículo, não identificado, já no início da madrugada do dia 11.

O corpo da jovem foi localizado enterrado em uma cova no dia 16 de agosto em uma área de mata fechada, de difícil acesso, na localidade do Rincão do Bugre, na zona rural do município. Dias antes, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar realizaram duas buscas, com cão farejador, em um açude na comunidade da Margem São Bento, na zona rural do município. Houve o recolhimento na ocasião da bolsa da jovem, contendo a carteira de identidade da vítima, um cartão bancário em nome da mãe dela e um carregador de celular, entre outros itens.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895