Instituto-Geral de Perícias recebe reforço de 69 novos servidores no RS

Instituto-Geral de Perícias recebe reforço de 69 novos servidores no RS

Houve a formatura de 21 peritos criminais, 20 peritos médicos-legistas e 28 técnicos em perícias

Correio do Povo

Ranolfo Vieira Júnior, Eduardo Leite e Heloisa Helena Kuser presidiram a cerimônia virtual

publicidade

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) conta com 69 novos servidores a partir desta segunda-feira. Tratam-se de 21 peritos criminais, 20 peritos médicos-legistas e 28 técnicos em perícias. O governador Eduardo Leite foi o paraninfo da turma. A solenidade de formatura, com transmissão online, ocorreu no final desta manhã. Além de Eduardo Leite, a cerimônia teve a presença do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior. A principal atividade do IGP é a de produção de provas para os procedimentos de investigação, fundamentais ao combate à criminalidade. Por ano, a instituição contabiliza cerca de 200 mil requisições de serviço. 

Nas boas-vindas aos novos servidores, o governador Eduardo Leite parabenizou a dedicação e empenho de todos para chegarem até a formatura. “Lembrem-se desta missão que escolheram todos os dias quando se depararem com as dificuldades”, enfatizou. “Que possam todos diariamente lembrarem dessa escolha e se colocarem a serviço da sociedade”, afirmou.

Já a diretora-geral do IGP, Heloisa Helena Kuser, destacou que o ingresso de 69 novos profissionais representa “a continuidade dos nossos trabalhos que são imprescindíveis” e um “reforço no efetivo de servidores”. Segundo ela, muitos postos do IGP no Interior necessitam de pessoal. “Alguns serão reforçados e outros devem ser reabertos” resumiu. “Os novos servidores serão amplamente distribuídos por suas competências e qualificações para as diversas áreas. O IGP tem 30 áreas diferentes de atuação, com rotinas diferentes”, observou. As regiões de Caxias do Sul, Pelotas, Passo Fundo, Santa Maria, Santo Ângelo, Santana do Livramento e Rio Grande foram contempladas.
 
Em seu discurso durante a cerimônia, Heloisa Helena Kuser lembrou o crescimento do IGP ao longo dos anos e destacou a inauguração da futura sede no terreno da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre. “Será o primeiro centro regional de excelência em perícia do Brasil”, frisou. 

Por sua vez, Ranolfo Vieira Júnior ressaltou que os novos servidores do IGP estão “ingressando em uma instituição fundamental” para o sistema de justiça criminal através da produção de provas. “É uma instituição diferenciada. O IGP é reconhecido nacionalmente pela sua excelência e pelo quadro técnico qualificadíssimo”, declarou. “Estamos trabalhando muito para inaugurar o centro regional de excelência em perícia até o final de dezembro. Será um grande avanço para o IGP”, acrescentou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895