Latrocínio é investigado pela Polícia Civil no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre

Latrocínio é investigado pela Polícia Civil no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre

Vítima prestava serviços gerais na região

Correio do Povo

Fuga do criminoso foi registrada por várias câmeras de monitoramento

publicidade

A 1ª DP de Porto Alegre, sob comando do delegado Paulo César Jardim, investiga um latrocínio ocorrido na tarde da última quarta-feira no interior de uma tabacaria na avenida João Pessoa, no bairro Cidade Baixa. Imagens de câmeras de monitoramento mostram o autor do crime em fuga na direção da avenida Venâncio Aires e depois para a Redenção.

A vítima, identificada como Émerson Dias Pinheiro, 48 anos, que prestava serviços gerais na região, estava sentada ao lado da proprietária do estabelecimento comercial. O assaltante armado entrou e simulou que queria comprar um maço de cigarros, mas em seguida anunciou o roubo.

Segundo o delegado Paulo César Jardim, as circunstâncias e motivos para que a vítima fosse morta não foram ainda esclarecidas. “A proprietária correu quando anunciou o assalto. Ele viu a vítima sentada. A proprietária não viu dar o tiro, mas ouviu. O cara deu o tiro e saiu então correndo”, resumiu. “Imaginamos que o tiro foi de revólver calibre 38...um revólver pequeno”, observou.

Conforme o titular da 1ª DP, o suspeito já cometeu outros assaltos na mesma região do bairro Cidade Baixa, inclusive nas avenidas João Pessoa e Venâncio Aires. “Supermercados, mercadinhos…”, citou. “Ele conhece aquela área...já conhece o comércio dali”, supõe o delegado Paulo César Jardim.

De cabelos grisalhos, o suspeito vestia camiseta escura com listras e calça de brim, além de usar óculos. Em outros roubos, ele usa também um boné e uma máscara contra vírus. Qualquer informação, mesmo sob anonimato, deve ser repassada para os telefones (51) 32110394, da 1ª DP, e da 197, da Polícia Civil.  


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895