Mulher é morta a tiros, num suposto feminicídio em Torres

Mulher é morta a tiros, num suposto feminicídio em Torres

Marido é o principal suspeito do crime, no Litoral Norte

Por
Correio do Povo

publicidade

Uma mulher, identificada pela Polícia Civil como Neila Roldão Scheffer, 33 anos, teria sido morta pelo companheiro no final da tarde desta quinta-feira, na rua Dona Olizia, no bairro São Braz, em Torres, no Litoral Norte. Conforme a delegada plantonista Sabrina Dóris Teixeira, familiares da vítima relataram que o casal estaria em processo de separação, solicitado por Neila, mas o marido não aceitava. O caso é tratado como feminicídio.

Uma vizinha ouviu os disparos e prontamente correu para a frente da residência. Ela viu o marido de Neila ingressar em um Renault Logan de cor branca, de sua propriedade, e fugir em alta velocidade. “Estamos ouvindo testemunhas e familiares, a vítima deixa uma filha de 10 anos”, informou a delegada. Segundo ela, o casal ainda vivenciou um trágico acontecimento no ano passado, eles perderam um bebê de apenas quatro meses que precisou ficar internado.


“Estamos apurando as circunstâncias, a vítima teria sido morta com três disparos no pátio da residência do casal”, informou a delegada. O Samu foi ao local, mas apenas constatou o óbito da vítima.