Operação da PM mata 17 suspeitos em Manaus

Operação da PM mata 17 suspeitos em Manaus

Comandante-geral classificou ação como "bem-sucedida"

Por
Agência Brasil

publicidade

Uma operação da Polícia Militar (PM) de Manaus contra integrantes de uma facção criminosa, na madrugada desta quarta-feira, resultou na morte de 17 suspeitos de tráfico na zona sul da capital do Amazonas, que se preparavam para enfrentar um grupo rival. Segundo o comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Ayrton Norte, a operação foi "bem-sucedida" e nenhum policial ficou ferido.

"Até o momento, a informação que temos é de que eles (suspeitos de tráfico) tentavam entrar na área com um caminhão-baú com aproximadamente 50 homens. A Rocam (Rondas Ostensivas Cândido Mariano) recebeu telefonema e mensagens anônimas (informando sobre a movimentação dos criminosos) e, com o subsídio de informações obtidas com populares das adjacências,  surpreendemos os bandidos na área, onde já tínhamos um trabalho de inteligência sendo feito", disse o comandante-geral.

Segundo ele, uma primeira troca de tiros foi feita na chegada da Força Tática ao local. Pouco depois, viaturas da Rocam chegaram para dar apoio especializado. O confronto terminou pouco antes das 3h da madrugada. "Recebemos as informações por meio do disque-denúncia da Rocam. Isso nos ajudou muito", afirmou comandante-geral da operação dessa madrugada

Apreendemos 17 armas e uma grande quantidade de munição. Eles estavam preparados para um enfrentamento. Eles quiseram entrar no confronto, mas nós saímos vitoriosos", disse o coronel. Segundo ele, o local é um beco onde tem ocorrido enfrentamentos. "Eles estavam em uma posição mais vantajosa e abrigados, mas com nosso tirocínio, técnica e preparo profissional, nossos policiais chegaram de maneira precisa", contou o oficial ressaltando que nenhum policial se feriu na ação.