Operação integrada destrói 12 portos e acessos clandestinos em Guaíra, no Paraná

Operação integrada destrói 12 portos e acessos clandestinos em Guaíra, no Paraná

Locais eram utilizados para o tráfico internacional de drogas e de armas, além do contrabando

Correio do Povo

Ação ocorreu na região de fronteira com o Paraguai

publicidade

Um total de 12 portos e acessos clandestinos, usados para o tráfico internacional de drogas e de armas, além do contrabando, foram destruídos com explosivos na região de fronteira com o Paraguai. A operação ocorreu na região de Guaíra, no Oeste do Paraná.

Estima-se que 80% das mercadorias ilegais que saem do território paraguaio chegam ao Brasil por meio da água, principalmente pelo Lago de Itaipu, que possui uma extensão de margem de quase 1,5 mil quilômetros entre os países.

Entre os dias 10 e 15 deste mês, a operação foi realizada pela equipe integrada da Polícia Federal, Exército Brasileiro, Batalhão de Polícia de Fronteira da Polícia Militar do Paraná, Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial da Polícia Civil do Paraná e Polícia Militar do Mato Grosso do Sul.

Trata-se da oitava edição da operação desde 2021, visando a retomada destes pontos estratégicos, complementando uma série de táticas especiais aplicadas através da convergência de propósitos das forças de segurança locais em estancar a capacidade logística das organizações criminosas da região.

O trabalho contemplou o levantamento georreferenciado e a destruição de áreas utilizadas pela criminalidade através de rotas fluviais no Lago de Itaipu para a prática de tráfico de drogas, tráfico de armas, contrabando e descaminho. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895