Perícia identifica veículo usado em acidente com morte em Xangri-Lá

Perícia identifica veículo usado em acidente com morte em Xangri-Lá

Equipe do IGP encontrou placa do carro no meio do matagal

Felipe Samuel

Automóvel foi encaminhado ao Pátio Legal, onde o IGP realiza as perícias em veículos recuperados de roubos e furtos

publicidade

Após dois dias de análises e coleta de provas, o Instituto-Geral de Perícias (IGP) confirmou a participação de um veículo em um acidente que resultou na morte de Michael Shein Nunes, 36, às margens da RS 389, em Xangri-Lá, no Litoral Norte, na terça-feira. Peritos recolheram uma pista em meio ao matagal onde o corpo foi encontrado: uma placa de carro amassada. Com o material, a Polícia Civil localizou o endereço do proprietário e recolheu Renault Mégane, que estava sem a placa dianteira.

O automóvel foi encaminhado ao Pátio Legal, onde o IGP realiza as perícias em veículos recuperados de roubos e furtos. O veículo e a bicicleta utilizada pela vítima passaram por perícia. Juntamente com a equipe dos servidores do IGP na Operação RS Verão Total, a perita criminal Carla Cristina Corrêa entendeu que se tratava de um acidente de trânsito e procurou identificar marcas e outros sinais que pudessem comprovar a participação do carro no atropelamento. "A placa coletada no local se encaixa no veículo e as avarias no carro fecham com as da bicicleta", afirma. 

Também foram recolhidas amostras de tinta e material genético no veículo e na bicicleta, que vão ser comparadas com o objetivo de revelar se o material da vítima estava no Mégane. Outra análise poderá apontar se a tinta da bicicleta é a mesma coletada no veículo, e vice versa. Essas perícias serão feitas no Departamento de Perícias Laboratoriais e vão permitir identificar a autoria do crime e a dinâmica do acidente, que deve constar no laudo que vai ser entregue nos próximos dias. "Foi um trabalho que envolveu todos os departamentos do IGP, e com resultados rapidíssimos", destaca. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895