Polícia Civil fecha gráfica clandestina que fabricava moeda falsa e documentos forjados em Alvorada

Polícia Civil fecha gráfica clandestina que fabricava moeda falsa e documentos forjados em Alvorada

Quatro estelionatários foram presos em flagrante pela 2ª DP de Viamão na operação

Correio do Povo

Cédulas de reais produzidas pelos golpistas foram apreendidos com material de confecção e impressão, entre outros

publicidade

Uma gráfica clandestina, que produzia moeda falsa e documentos públicos e particulares forjados, foi fechada na manhã desta quarta-feira pela Polícia Civil em Alvorada. A ação foi desencadeada pela 2ª DP de Viamão e com apoio da 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (1ª DPRM) no bairro Maria Regina.

No local, os criminosos fabricavam o dinheiro em cédulas de reais, como de R$ 5,00, R$ 10,00, R$ 20,00 e R$ 50,00 para não chamarem a atenção, além de documentação variada como carteira de identidade, certificado de registro e licenciamento de veículos e título eleitoral, entre outros.

Houve a apreensão de um revólver calibre 38 com numeração suprimida e de farta quantidades de petrechos e insumos para a falsificação, além de quantidade expressiva de dinheiro falso, documentos públicos falsificados, material de informática como impressoras, tintas e computadores, bem como produtos químicos. Os golpistas tinham inclusive placas para reprodução da marca d’água nas notas de reais falsificadas.

Na gráfica clandestina, a equipe do titular da 2ª DP de Viamão, delegado Júlio Fernandes Neto, prendeu quatro criminosos que serão agora indiciados pelos delitos de petrechos de falsificação, posse irregular de arma de fogo restrita, falsificação de documento público, receptação e associação criminosa. A operação ocorreu com cumprimento de ordem judicial de busca e apreensão que foi obtida após um mês de investigações sobre a prática de estelionato com a utilização de dinheiro falsificado.

 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895