Polícia Civil prende autor de execução ocorrida na Zona Sul de Porto Alegre

Polícia Civil prende autor de execução ocorrida na Zona Sul de Porto Alegre

Equipe da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (4ª DPHPP) deteve suspeito no bairro Lageado

Correio do Povo

Acusado é investigado por outros dois assassinatos

publicidade

Mais um envolvido em execuções em Porto Alegre é capturado pela Polícia Civil em Porto Alegre. O titular da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (4ª DPHPP), delegado Rodrigo Pohlmann Garcia, anunciou na manhã desta sexta-feira a prisão do autor da morte de um indivíduo no dia 25 de maio deste ano na rua Johnson Flaudiney Pereira da Silva, no bairro Lageado. O suspeito estava com prisão preventiva decretada, sendo investigado ainda por outros dois homicídios em junho passado.

A vítima foi assassinada em frente da própria casa, enquanto estava dentro de seu Fiat Strada falando ao telefone celular com a sua esposa. Câmeras de monitoramento flagraram o momento exato do crime.

O suspeito estava em um Chevrolet Corsa Hatch, de cor prata, de propriedade da sogra dele. O autor do crime desceu do carro e foi até a vítima para desferir diversos disparos de revólver. A investigação apurou que o suspeito, depois de cometer o crime, cortou os cabelos, buscando alterar a sua imagem física. No entanto, foi reconhecido como sendo a pessoa que desembarcou do Corsa e executou a vítima.

“Uma das hipóteses apontadas para a motivação do crime foi que a vítima teria passado pelo suspeito olhando, pois o autor e mais uma outra pessoa estariam usando droga”, afirmou o titular da 4ªDPHPP. Isso teria incomodado o criminoso, que passou a ofender a vítima e essa, por sua vez, também discutiu com ele. Passado algumas horas, o acusado voltou armado e cometeu a execução.

Segundo o delegado Rodrigo Pohlmann Garcia, o suspeito é integrante de uma facção criminosa que atua no bairro Restinga e ocupava o posto de gerente do tráfico de drogas naquela localidade. “Por essa razão, não poderia aceitar qualquer ato de intimidação”, supõe.

Essa facção teve apoio de uma outra organização criminosa que age na vila Cruzeiro do Sul, no bairro Santa Tereza, para tomarem as bocas de tráfico naquela região. A área era antes controlada pela facção do Vale do Rio dos Sinos. “A disputa resultou em inúmeras ocorrências de crimes de homicídio”, observou o delegado Rodrigo Pohlmann Garcia.

A prisão do suspeito ocorreu no bairro Lageado, “palco de diversos crimes de homicídio no mês de junho e que está vivendo momentos de pavor, assolados com tiroteios diuturnos, expulsão de moradores de suas casas, entre outras condutas criminosas que fizeram diversos moradores a colocarem suas casas a venda por preços irrisórios”.


Foto: PC / Divulgação / CP


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895