Polícia Civil prende traficante que assediava usuários da Trensurb em Sapucaia do Sul

Polícia Civil prende traficante que assediava usuários da Trensurb em Sapucaia do Sul

Houve a apreensão de 11 malotes de cocaína com o criminoso na manhã deste sábado

Correio do Povo

Ação foi realizada pela 1ª DP da cidade

publicidade

A Polícia Civil flagrou um traficante com 11 malotes de cocaína na manhã deste sábado nas imediações da Estação da Trensurb, em Sapucaia do Sul. Ele já tinha antecedentes por narcotráfico.

A equipe de investigação da 1ª DP de Sapucaia do Sul, coordenada pelo delegado Gabriel Borges, recebeu informações de que um indivíduo vendia entorpecentes na área.

Após monitoramento, os agentes constataram a veracidade das informações. O traficante abordava  e assediava os usuários da Trensurb, causando desconforto e intimidação aos frequentadores do local. 

O Delegado Gabriel Borges destacou que ”as denúncias da comunidade auxiliam e direcionam o trabalho policial”. Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, avaliou que “a ação foi importante e devolveu a tranquilidade aos usuários. Seguiremos com as ações e infestações para evitar que a prática volte a ocorrer naquela localidade”.

Eldorado do Sul 

Por sua vez, os agentes da DP de Eldorado do Sul, chefiados pelo delegado Guilherme Dill, capturaram um suspeito de fornecer armamento para uma facção na cidade. As investigações duraram em torno de dez meses.

Os policiais civis apuraram que o indivíduo auxiliava os criminosos com as armas de fogo. Além disso, o suspeito utilizava um veículo para transportar semanalmente entorpecentes para o Beco do Botafogo. Com antecedentes por receptação, roubo com uso de arma, furto e porte ilegal de arma de fogo, ele tinha cinco revólveres. O pai dele também foi detido. Outros dois cúmplices estão sendo investigados.

O delegado Guilherme Dill enfatizou que “a investigação continuará para que seja possível encontrar os demais objetos ilícitos que o suspeito utiliza. Crimes com a utilização de armas de fogo afetam a segurança pública com maior gravidade e risco, pois há consequências conexas atentando contra a vida da população e dos policiais”, declarou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895