Polícia localiza 10 carros queimados usados por grupo em Criciúma

Polícia localiza 10 carros queimados usados por grupo em Criciúma

Homens armados assaltam agência bancária na cidade catarinense durante a madrugada

R7

Ataque mobilizou a Polícia Militar de Criciúma

publicidade

A Polícia de Criciúma, em Santa Catarina, encontrou na manhã desta terça-feira dez carros queimados, abandonados por homens fortemente armados que participaram de um assalto a instituições bancárias na cidada de catarinense durante a madrugada. Cerca de 30 homens participaram da ação, que teria como objetivo roubar o cofre da tesouraria de uma agência.

De acordo com a polícia, por volta das 23h50min da segunda-feira, homens com armas longas, munições de diferentes calibres, explosivos e coletes balísticos participaram de um assalto em uma agência bancária de Criciúma.

Os suspeitos dispararam na área central e no 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Segundo o balanço da polícia, a ação deixou duas pessoas feridas, sendo um policial militar, atingido no abdômen. O policial passou por uma cirurgia e está internado em uma unidade de terapia intensiva. A Polícia Militar investiga na manhã desta segunda-feira a operação organizada desde a madrugada que resultou no assalto a agência bancária. 

Veja Também

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Dionei Tonet, equipes especializadas, como o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Choque, Batalhão de Aviação, Canil e Polícia Militar Rodoviária Estadual devem se deslocar para apoiar as ações na região.

As polícias Civil, Rodoviária Federal e Federal também atuam na busca por informações para a prisão de outros suspeitos. Equipes de Inteligência das Forças de Segurança Pública também atuam na ação.

Até o momento, foram presas quatro pessoas que fizeram o recolhimento de parte das cédulas de papel que estavam jogadas ao chão em razão da explosão.

Terror na madrugada

Os moradores de Criciúma, em Santa Catarina, viveram momentos de terror na madrugada desta terça-feira (1º) após um grupo assaltar uma agência bancária. A ação teve troca de tiros entre homens armados e a Polícia Militar. 

Nas redes sociais, moradores relataram que os tiros começaram por volta de meia-noite. Nos vídeos divulgados na internet, é possível ver que os homens abordaram moradores que passavam pelas ruas e fizeram trabalhadores da prefeitura de reféns. Os homens atearam fogo num túnel que liga Criciúma à cidade de Tubarão para impedir que batalhões do município vizinho pudessem ajudar os policiais militares. 

Na fuga, os suspeitos jogaram malotes nas vias da cidade e, mesmo com a troca de tiros, é possível ver que alguns moradores saíram às ruas para recolher o dinheiro.  O prefeito Clésio Salvaro (PSDB) divulgou um vídeo e pediu que os moradores fiquem em casa enquanto a PM aguarda reforço de outras cidades da região.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895