capa

Policial é encaminhado à UTI após ser atingido por pedra

Agressão ocorreu no Centro de Estrela, após o Gre-Nal dessa quarta-feira

Por
Jessica Hübler

publicidade

Um policial militar do 40º BPM, do município de Estrela, foi atingido por uma pedrada e está internado na UTI do hospital da cidade. Conforme o comandante da unidade, major Marcelo de Abreu Fernandes, a ocorrência se iniciou logo após o desfecho do clássico Gre-Nal, na noite de quarta-feira. “Um grupo de 50 pessoas, aproximadamente, estava em via pública (na avenida Rio Branco, região Central do município), na frente de um bar, comemorando depois do jogo de futebol. Em determinado momento um grupo bloqueou a via e motoristas começaram a ligar para a Brigada Militar”, afirmou.

Quando dois policiais militares chegaram ao local, tentaram dialogar com o grupo, solicitando que a via fosse liberada. “Alguns obedeceram, mas algumas pessoas permaneceram na via e começaram a xingar os PMs e jogar latas de cerveja na viatura”, comentou. De acordo com o comandante, em determinado momento o grupo começou a arremessar pedras contra os policiais militares e um deles foi atingido na cabeça. “Não era torcedor, era um criminoso. É um abalo grande, aquela pedrada não foi somente na pessoa, é uma pedrada no Estado, é uma pedrada na Brigada. Aquela pessoa não identificou que o agente público estava ali fazendo a segurança dele, e faz uma ação criminosa e covarde dessas, ferindo um rapaz que poderia ter morrido”, enfatizou o comandante.

O PM atingido pela pedrada tem 29 anos e, segundo o comandante, está se recuperando bem. “Por sorte ele é jovem e saudável, o que ajuda na recuperação. Apesar de ter sido uma lesão bem grave, pois teve afundamento de crânio e se formou sangue dentro do cérebro, os médicos dizem que o quadro está estável e se encaminhando para uma recuperação tranquila”, explicou.

Mesmo que continue internado na UTI, o PM já fala normalmente e está com a memória preservada. “A princípio vai voltar 100% ao trabalho”, enfatizou o comandante. Logo após o ocorrido a Polícia Civil foi acionada e iniciaram as investigações no sentido de identificar o responsável pela pedrada. O autor foi identificado e encaminhado à Delegacia de Lajeado, de onde deve seguir para o sistema prisional.