Policial militar é ferido em ocorrência de perturbação de sossego alheio em Arroio Grande

Policial militar é ferido em ocorrência de perturbação de sossego alheio em Arroio Grande

Soldado Jean Victor de Oliveira Flores levou uma pedrada na cabeça no domingo

Correio do Povo

Farda e colete balístico ficaram ensanguentados

publicidade

A Brigada Militar divulgou nota oficial sobre o estado de saúde de um policial militar atingido e ferido por uma pedrada na cabeça durante uma ocorrência de perturbação de sossego alheio na madrugada de domingo passado na praça central da cidade de Arroio Grande. Com um profundo ferimento, o brigadiano caiu desacordado, ficando a farda e colete balístico ensanguentados devido à hemorragia. O autor foi preso e ainda machucou outro colega da vítima ao ser contido. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio pela Polícia Civil.

“O soldado Jean Victor de Oliveira Flores foi atingido por um indivíduo que não aceitou o procedimento de abordagem policial e arremessou uma pedra, vindo a ferir a cabeça do soldado que atualmente reforça o efetivo da região em virtude da Operação Golfinho”, informou o Comando Regional de Polícia Ostensiva Sul (CRPO SUL) da BM na nota oficial. O policial militar, de 31 anos, é do  5º RPMon, de Santiago.

“Desde então, houve melhoras no estado de saúde do policial militar que passará por uma cirurgia neurológica na tarde desta segunda-feira. O militar estadual se encontra no Hospital São Francisco de Paula, em Pelotas, e está sendo acompanhado por um médico da Brigada Militar. A família do militar também está sendo assistida pela instituição”, acrescentou.

“O CRPO SUL agradece o carinho e preocupação de todos e informa que novas informações serão publicadas posteriormente em nossos canais oficiais”, concluiu a BM na nota oficial divulgada nesta tarde.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895