Preso suspeito de ser um dos maiores assaltantes de bancos do RS

Preso suspeito de ser um dos maiores assaltantes de bancos do RS

Homem de 49 anos seria o especialista em explosivos da quadrilha de Seco

Por
Correio do Povo

Além de roubos a residências, homem preso seria o especialista em explosivos da quadrilha de Seco


publicidade

Policiais da 3ª e da 4ª Delegacia de Polícia de Canoas prenderam na tarde desta quarta-feira um homem de 49 anos suspeito de ser um dos maiores assaltantes de bancos do Rio Grande do Sul. Ele era procurado pelas duas delegacias e também pela de Esteio por assaltos a residências nas duas cidades. O suspeito tinha a prisão preventiva decretada pelos crimes.

O homem tem no histórico criminal assaltos a carros fortes, e seria o especialista em explosivos da quadrilha comandada por José Carlos dos Santos, o Seco. É o quarto preso de um grupo que vinha sido investigada por roubos a residência em Canoas.

Seco

Seco, preso desde 2006 na Penitenciária de Segurança Máxima de Charqueadas (Pasc), seria o responsável por comandar os roubos em todo o Estado. Conforme a Polícia Civil, a quadrilha teria roubado mais de 200 carros somente em 2014.

No dia 1º de junho de 2012, Seco foi condenado a 21 anos de prisão no Fórum Teutônia por assaltos a bancos e a carros-fortes. Na época, ele foi julgado junto com o comparsa Carlos Eduardo Fernandes Moreira, o Gordo. Os réus foram julgados por quatro tentativas de homicídio contra policiais que os prenderam na madrugada de 13 de abril de 2006, no Posto Rosinha, às margens da BR 386, no município de Paverama.