Presos integrantes de grupo que roubava veículos aquáticos e terrestres

Presos integrantes de grupo que roubava veículos aquáticos e terrestres

Grupo agia na região Metropolitana de Porto Alegre e no Litoral Norte

Vitória Famer / Rádio Guaíba

Grupo agia na região Metropolitana de Porto Alegre e no Litoral Norte

publicidade

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira a operação Nômades contra uma quadrilha que cometia roubos, furtos, estelionato e falsidade documental em Porto Alegre, região Metropolitana e Litoral Norte do Estado. Nesta manhã, ao menos sete pessoas foram presas e veículos, lanchas e jet skis apreendidos.

A investigação durou quatro meses e mostrou que os criminosos roubavam veículos aquáticos e terrestres. Em seguida, os documentos eram falsificados para aparentar legitimidade. Os veículos, então, eram recolocados no mercado. O grupo ainda alugava uma sala comercial no prédio Cristal Tower, que pertence ao Barra Shopping Sul. O ponto era estratégico. Eles aproveitavam o livre acesso ao estacionamento para furtar veículos. De acordo com a polícia, a quadrilha pode ter movimentado cerca de R$ 3 milhões.

Segundo o delegado Tiago Baldin, todos os presos têm antecedentes criminais, porém, com crimes variados. Ele afirma que o padrão da quadrilha não segue a mesma linha de crimes, o que é raro, e que “todos os indivíduos são altamente perigosos”. As buscas continuam e devem ser cumpridos ainda hoje 21 mandados de busca e apreensão em Imbé, Porto Alegre, Tramandaí e Viamão.




Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895