PRF apoia investigação da Polícia Federal sobre apreensão de carregamento de maconha nas Missões

PRF apoia investigação da Polícia Federal sobre apreensão de carregamento de maconha nas Missões

Prisão de sete traficantes e de um cúmplice encerrou operação de buscas na região e até em SC

Correio do Povo

Caçada aos criminosos foram realizadas nos matagais e lavouras

publicidade

O serviço de inteligência da Polícia Rodoviária Federal vai apoiar as investigações da Polícia Federal de Santo Ângelo sobre os sete traficantes paranaenses que transportavam quase uma tonelada de maconha na região das Missões. Um dos objetivos é identificar o restante da quadrilha. Todos os criminosos foram sendo presos aos poucos nas buscas que mobilizaram, desde a madrugada da última terça-feira, os efetivos da PRF, 39º BPM da Brigada Militar, Polícia Civil e da própria PF nas matas e lavouras, entre Palmeira das Missões e Dois Irmãos das Missões.

A última prisão ocorreu na noite desta quarta-feira quando um dos fugitivos foi localizado em um motel já na cidade catarinense de Chapecó, onde pernoitava antes de voltar ao Paraná. Um cúmplice que foi resgatá-lo foi detido junto. Todos os traficantes capturados, com idades entre 29 e 41 anos, possuem antecedentes criminais.

Durante as tentativas de abordagem, um policial rodoviário federal ficou gravemente ferido ao ser atropelado por um dos quatro veículos, com placas clonadas, que formavam um comboio para o transporte do entorpecente. A PRF agradeceu os policiais de todas as instituições envolvidos nas buscas, assim como os profissionais do Samu, do Corpo de Bombeiros Militar e da Argos Emergências Médicas por apoiaram o resgate e o transporte do policial ferido que, apesar da gravidade das lesões, apresenta boa recuperação. Ele está internado no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, onde recebe atendimento especializado. "A integração entre as instituições potencializa o enfrentamento á criminalidade e fortalece a sociedade brasileira", manifestou-se a PRF.

Na madrugada de terça-feira, a PRF perseguiu o comboio formado por uma Ford Ranger, uma Volkswagen Amarok, uma Chevrolet S10 e um Volkswagen Voyage ao longo da BR 468, em Palmeira das Missões. Nas imediações da ERS 330, em Dois Irmãos das Missões, o Voyage colidiu na Amarok que capotou com o impacto.

Por sua vez, a Ranger foi cercada e interceptada. Já a S10 atropelou o policial rodoviário federal, sendo depois abandonada. Uma viatura da PRF também ficou danificada. Na Ranger, o efetivo da PRF apreendeu o carregamento de quase uma tonelada de maconha. A região foi então cercada pelas forças policiais para impedir a fuga dos traficantes paranaenses.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895