Quadrilha de roubo de cargas é alvo da Polícia Civil na Região Metropolitana de Porto Alegre

Quadrilha de roubo de cargas é alvo da Polícia Civil na Região Metropolitana de Porto Alegre

Líder do grupo criminoso montou um estabelecimento comercial para vender mercadorias das vítimas

Correio do Povo

Ação com 18 ordens judiciais ocorreu em Canoas e Nova Santa Rita

publicidade

Uma quadrilha especializada em roubo de cargas, sobretudo de gêneros alimentícios e bebidas, foi alvo da Polícia Civil na manhã desta sexta-feira na Região Metropolitana de Porto Alegre. A operação Aleteia foi conduzida pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Canoas, sob comando do delegado Rodrigo Caldas.

Houve o cumprimento de 13 ordens judiciais, sendo oito mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão temporária e um mandado de prisão preventiva. A ação ocorreu em Canoas e Nova Santa Rita. Cinco criminosos foram presos e recuperados alguns produtos roubados, como cervejas, carnes de frango e bovina, condimentos, entre outros.

As investigações duraram em torno de cinco meses. Os policiais civis identificaram a liderança do grupo criminoso e os principais autores dos ataques. Os agentes descobriram inclusive que as cargas roubadas eram depois comercializadas em um estabelecimento comercial montado pelo próprio líder da quadrilha. Dois depósitos com mercadorias levadas das vítimas também foram descobertos no período.

O delegado Rodrigo Caldas avaliou que a repressão ao roubo de cargas “atinge significativos resultados”. Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza destacou que “é o reflexo positivo da continuidade do trabalho investigativo da Polícia Civil, que sempre busca os maiores responsáveis pela criminalidade”.

Um total de 48 policiais civis em 21 viaturas, além do apoio do efetivo da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil e do helicóptero da instituição, foram mobilizados.
 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895