Quadrilha de roubo de cargas é alvo de ação em três cidades do Rio Grande do Sul

Quadrilha de roubo de cargas é alvo de ação em três cidades do Rio Grande do Sul

Em um dos ataques, os assaltantes tiveram ajuda do motorista e ajudante de um caminhão carregado de eletrônicos em Barra do Ribeiro

Correio do Povo

Houve o cumprimento de dez ordens judiciais em São Leopoldo, Cachoeirinha e Novo Hamburgo

publicidade

A operação Infiltrados foi deflagrada na manhã desta terça-feira pela Polícia Civil com o objetivo de combater uma quadrilha especializada em roubo de cargas. A ação ocorreu em São Leopoldo, Cachoeirinha e Novo Hamburgo. Houve o cumprimento de duas prisões preventivas e de outras três prisões temporárias, além de cinco mandados de busca e apreensão. Um dos detidos é o motorista de um caminhão que havia sido atacado em Barra do Ribeiro.

A investigação foi conduzida pela Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas (DRFC) do Departamento Estadual de Investigações Criminais, sob comando do delegado Alexandre Luiz Fleck. O início da apuração da atuação de uma quadrilha ocorreu quando aconteceu o ataque a um caminhão baú na BR 116 no dia 07 de agosto passado, em Barra do Ribeiro.

No assalto dois criminosos em um Volkswagen Virtus abordaram o caminhão na rodovia e, mediante grave ameaça exercida com arma de fogo, obrigaram o caminhão a parar, sendo rendidos o motorista e dois ajudantes. A dupla então subtraiu parte da carga de eletrônicos, em especial celulares e notebooks. As vítimas ficaram trancadas no baú do caminhão.

Durante o trabalho investigativo, os policiais civis obtiveram imagens de câmeras de monitoramento que mostram um indivíduo abandonando o Virtus utilizado no crime e fugindo em um Chevrolet Corsa. O motorista e um dos ajudantes foram apontados como cúmplices do roubo. Já a dupla de assaltantes foi identificada também pelos agentes da DRFC pelo assalto a roubo a uma loja em dezembro do ano passado em São Jerônimo, onde roubaram telefones celulares.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895