Rio Grande do Sul termina 1º semestre com menos de mil casos de homicídios
capa

Rio Grande do Sul termina 1º semestre com menos de mil casos de homicídios

Em Porto Alegre, os seis meses iniciais de 2019 registraram 175 assassinatos

Por
Correio do Povo

Rio Grande do Sul registrou queda no número de homicídios no primeiro semestre

publicidade

O Rio Grande do Sul encerrou o primeiro semestre deste ano com um número de homicídios abaixo de mil casos depois de nove anos. A queda foi de 24% em comparação aos primeiros seis meses do ano passado. Entre janeiro e junho de 2019 foram 962 vítimas contra 1.265 no mesmo período de 2018. Os dados fazem parte dos indicadores de criminalidade divulgados na manhã desta terça-feira pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP).

Apenas em junho de 2019 foram 152 casos contra 194 em 2018, representando uma redução de 21,6% em todo o Estado, sendo considerado o menor número desde 2013. Em Porto Alegre, os seis meses iniciais de 2019 registraram 175 assassinatos enquanto no primeiro semestre de 2018 o número havia ficado em 323, significando uma diminuição de 45,8%. Somente em junho passado na Capital foram 26 casos ao passo que 44 ocorreram no mesmo mês em 2018.

O vice-governador e secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, destacou os resultados. “Eles mostram que estamos consolidando a reversão da criminalidade, em especial a marca de voltar a ficar abaixo de mil homicídios no semestre. Embora não nos deixem satisfeitos, pois ainda temos o que melhorar, os dados mostram que estamos no caminho certo", declarou.

Queda nos latrocínios 

Conforme a SSP, os latrocínios tiveram uma queda de 31,4% no Estado, com 35 assaltos com morte no primeiro semestre de 2019 contra 51 do mesmo período em 2018. Em Porto Alegre, a redução foi de quatro roubos com morte nos primeiros seis meses de 2019 enquanto sete casos aconteceram em igual período de 2018, representando uma diminuição de 42,9%.

Sobre os furtos no Rio Grande do Sul, os indicadores mostram uma queda de 14,9%, passando de 69.835 em 2018 para 59.409 em 2019. Nos roubos de veículos houve redução de 31,3%, com 8.773 ocorrências em 2018 e 6.023 nos primeiros seis meses de 2019. Na comparação semestral, a SSP constatou ainda expressiva baixa nos ataques a banco (-28%) nos furtos de veículos (-12,5%) e nos roubos a transporte coletivo (-21%).

O levantamento indica ainda quatro meses seguidos de redução de índices na região Metropolitana de Porto Alegre. Em junho, o número de vítimas de homicídio passou de 113 em 2018 para 75 em 2019, representando queda de 34%. Janeiro deste ano havia apresentado uma alta de 4%, mas em fevereiro já tinha caído 38%.

A partir da implantação do programa RS Seguro, a curva descendente foi mantida com diminuições de 44% em março, 41% em abril e 29% em maio. No acumulado semestral foi registrada a retração de 30,6% nos assassinatos, com 727 vítimas entre janeiro e junho de 2018 contra 501 nos mesmos meses de 2019.

De acordo com a SSP, o combate aos crimes contra vida é o principal objetivo do RS Seguro em 18 municípios que concentram mais de 70% das mortes violentas no Estado. Nos próximos dias, o Governo do Estado deve anunciar novas medidas nos quatro eixos do programa: combate à criminalidade, políticas sociais preventivas, atendimento ao cidadão e sistema prisional.