Seis pessoas são presas em operação para desarticular facção criminosa que extorquia vítimas

Seis pessoas são presas em operação para desarticular facção criminosa que extorquia vítimas

Polícia Civil cumpre 39 ordens judiciais, 31 mandados de busca e apreensão e oito de prisão na Região Metropolitana de Porto Alegre

Sidney de Jesus

Mala com dinheiro foi apreendida pela Polícia Civil durante a ação

publicidade

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 24, a Operação Outback, que visa desarticular uma facção criminosa que comprava dívidas para ameaçar e extorquir vítimas na região Metropolitana.

Na operação, 200 policiais cumprem 39 ordens judiciais, 31 mandados de busca e apreensão e oito de prisão em sete municípios: Canoas, Esteio, São Leopoldo, Gravataí, Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo e Santa Cruz do Sul. Até o momento foram presos seis criminosos e apreendida uma mala com grande quantidade de dinheiro.

As investigações iniciaram em setembro de 2020 quando ocorreram denúncias sobre a prática do crime de extorsão mediante grave ameaça às vítimas e seus familiares cobrando dívidas com valores altíssimos. 

De acordo com o diretor da 2ª Delegacia Regional Metropolitana, delegado Mario Souza, os integrantes da facção compravam dívidas de credores que não estavam conseguindo cobrar, e passavam a fazer a cobrança com valores altíssimos, ameaçando as vítimas.

“Eles causavam uma situação de terror às vítimas enviando mensagens ameaçando familiares para que as dívidas fossem pagas em um prazo de 24 horas”, revelou o delegado, lembrando que o esquema foi feito para extorquir as vítimas e captar mais dinheiro de forma ilegal.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895