Taxista é preso por esquema de telentrega de drogas na Região Metropolitana

Taxista é preso por esquema de telentrega de drogas na Região Metropolitana

Motorista foi flagrado com buchas de cocaína e dinheiro em espécie

Por
Correio do Povo

Flagrante ocorreu quando o suspeito foi abordado no momento que se dirigia para a entrega de mais um pedido


publicidade

Um taxista foi preso por atuar em um esquema de telentrega de cocaína na Região Metropolitana de Porto Alegre. A detenção ocorreu durante uma ação da 1ª DP de Canoas, sob comando do delegado Rafael Pereira, cuja conclusão foi anunciada na manhã desta sexta-feira. 

O flagrante ocorreu quando o suspeito foi abordado no momento que se dirigia para a entrega de mais um pedido. Buchas de cocaína, embaladas e prontas, além de dinheiro em espécie, foram recolhidos. O táxi Chevrolet Prisma, usado para transportar a droga até a clientela considerada de maior poder aquisitivo, também foi apreendido.

As investigações apontaram que o taxista, de 49 anos, não chamava a atenção com o táxi no esquema de tele-entrega de cocaína. “O preso utilizava-se do seu trabalho, bem como da ausência de antecedentes policiais, para passar despercebido pelas autoridades”, resumiu o delegado Rafael Pereira. 


Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, destacou que o trabalho investigativo foi conduzido “com muita técnica e zelo”.