Últimas convenções definem disputa em Porto Alegre

Últimas convenções definem disputa em Porto Alegre

De hoje até quarta-feira, mais quatro candidatos deverão ser confirmados na corrida eleitoral

Mauren Xavier

publicidade

Após as convenções que movimentaram o final de semana, o cenário da corrida ao Paço Municipal será concluído com os encontros que seguirão desta segunda até quarta-feira. Além da definição dos candidatos à prefeitura, ainda ocorrem articulações para completar as coligações. 
Hoje, estão previstas quatro convenções: MDB, PSTU, PSC e Patriotas. Até o momento são 13 nomes na disputa pelo Paço Municipal. 

O MDB confirmará o nome do deputado estadual Sebastião Melo na corrida eleitoral. O vice na chapa deverá ser o vereador Ricardo Gomes (Democratas), que também coordena a campanha. O MDB conquistou o apoio, no final de semana, do PRTB, partido do vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Além disso, a aliança tem o apoio do Cidadania, Solidariedade e DC, além do Dem. 

À noite, o Patriotas faz ato em que confirmará o apoio a José Fortunati (PTB). A convenção começa às 18h, e a manifestação será às 19h30min, com a presença de Fortunati. Inclusive, o partido tirou a pré-candidatura de André Cecchini, que é cotado para ser vice na coligação. 

O PSC, que lançou a candidatura de Carmen Flores à prefeitura, terá reunião no início da tarde, para indicar o posicionamento em relação à eleição na Capital. Além disso, o PSTU confirma hoje a candidatura de Júlio Flores. 

Na terça-feira, ocorrerá a convenção do PSDB, que confirmará o prefeito Nelson Marchezan Júnior na disputa à reeleição. A confirmação do nome do prefeito ocorre no mesmo momento que ele enfrenta um processo de impeachment, em tramitação na Câmara de Vereadores. O partido deve ter o apoio do PSL e PL, que fazem suas convenções na quarta-feira.

Outro ato na terça-feira será o do Democratas. A sigla apoiará a candidatura de Sebastião Melo, inclusive indicando o vice, Ricardo Gomes. 
Na quarta-feira, último dia das convenções, além do PL e PSL, ocorrerão os atos do Podemos, que apoiará Fortunati, e do Solidariedade, que terá coligação com Melo. 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895