Alteração feita por Leite esvazia área de secretaria
capa

Alteração feita por Leite esvazia área de secretaria

Dirceu Franciscon deixa secretaria de Desenvolvimento. Em nota, petebista fala em corte em salários

Por
Correio do Povo

Franciscon deixou o governo Leite

publicidade

A mudança na estrutura administrativa do Estado, promovida pelo governador Eduardo Leite (PSDB), vai ocasionar um esvaziamento da área técnica da Secretaria de Desenvolvimento e Turismo, à qual estão ligados órgãos como o Badesul e a Sala do Investidor. Nesta quarta, após comunicar que não permaneceria no cargo de secretário, o deputado estadual Dirceu Franciscon (PTB) divulgou nota na qual argumenta que, ao excluir a pasta do eixo da Governadoria, os salários foram drasticamente rebaixados, o que segundo ele teria provocado pedidos de exoneração em série, colocando os serviços sob risco de inviabilidade.

Na nota, Franciscon sustenta que sua desistência do cargo se deve apenas a motivos de foro pessoal. Contudo, em texto de oito parágrafos, o parlamentar destaca que, quando aceitou o convite para o cargo de secretário, ainda na época da transição, teria manifestado a necessidade de a Secretaria permanecer no eixo da Governadoria, tendo reiterado esta posição a integrantes do governo. A nota foi liberada pelo deputado após reunião com assessores e colegas de partido. “Minha apreensão sempre foi a real possibilidade de desintegração da Secretaria que tem recebido pedidos de desligamentos e transferências de quase todos os diretores, corpo técnico, comissionados e efetivos de carreira. Servidores qualificados, com reconhecimento e recomendação dos mais diversos setores empresariais e industriais do Estado, que atendem grandes empresas e que ocupavam suas funções há anos na Secretaria”, afirma Franciscon. 

Num dos casos que o deputado do PTB qualifica como “grave”, o salário de um técnico responsável por acompanhar contratos de financiamentos concedidos pelo Badesul foi reduzido de R$ 6.205,43 para R$ 682,32 em valor nominal. Em outros casos, servidores técnicos tiveram redução de 43% em seus salários. 

O Palácio Piratini, também por meio de nota publicada no Portal do governo estadual, limitou-se a informar que “o deputado estadual Dirceu Franciscon não reassumirá o comando da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo”. O texto também diz que o “governador está trabalhando para anunciar em breve o nome do novo secretário da pasta”.