Após derrota nas prévias, Leite diz que PSDB precisa acabar com polaridade "inútil"

Após derrota nas prévias, Leite diz que PSDB precisa acabar com polaridade "inútil"

Governador gaúcho indicou que não deverá contestar resultado

Mauren Xavier

Governador Eduardo Leite perdeu prévias para João Dória

publicidade

Após perder as prévias para João Dória, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, afirmou que o PSDB precisa romper com a polaridade "inútil", uma referência indireta ao ex-presidente Lula e o atual presidente Jair Bolsonaro. 

Segundo o PSDB, Leite fez 44,66% dos votos dos filiados, enquanto João Doria, governador de São Paulo, atingiu 53,99%. Arthur Virgilio, que também estava na disputa, atingiu 1,35%. A votação começou no domingo passado, mas por problemas técnicos acabou sendo suspensa e foi retomada neste sábado. 

Em coletiva após o anúncio oficial, Leite reconheceu o resultado das prévias, num indicativo de que não deverá contestar a derrota.  "João (Doria) o nosso PSDB, nosso partido, confiou a ti. Te desejo toda a sorte porque o Brasil precisa disso. O Brasil precisa que a gente viabilize uma candidatura de centro", afirmou ele. 

Durante as prévias, mas principalmente na última semana, Leite e Doria protagonizaram duras e fortes trocas de acusações, acirrando a disputa.  

Eduardo Leite ressaltou que tornou-se candidato após ser procurado por um grupo de deputados em função do desmpenho da sua gestão no Executivo do Rio Grande do Sul. Reforçou a importância da diversidade, lembrando que se assumiu gay há alguns meses.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895