Bolsonaro confirma transferência de embaixada em Israel

Bolsonaro confirma transferência de embaixada em Israel

Sede diplomática se mudará de Tel Aviv para Jerusalém

AE

Sede da embaixada brasileira em Tel Aviv

publicidade

Os planos de mudar a embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém foram confirmados pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro. Em sua conta no Twitter, ele escreveu que "Israel é um Estado soberano e nós o respeitamos." Mais tarde, em entrevista coletiva, disse que "quem define a embaixada é o País". "Se Jerusalém é a capital, nós transferimos."

Bolsonaro acrescentou não ver "clima pesado" em função da mudança. Em reação, o embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, disse que "respeitamos e não compartimos". "É um tema aberto para conversar com o novo governo e expor nosso ponto de vista e decisão soberana. Jerusalém Oriental é capital ocupada do Estado da Palestina", disse ele. Questionado, o Itamaraty não comentou o assunto. Israel e Palestina disputam o predomínio sobre Jerusalém.

O Estado judeu considera toda a cidade como sua capital, enquanto os palestinos desejam tornar Jerusalém Oriental a capital do seu futuro Estado. Israel ocupa Jerusalém Oriental desde a guerra de 1967 e posteriormente a anexou. Isso nunca foi reconhecido pela comunidade internacional, inclusive o Brasil. Em 2016, Donald Trump (EUA) decidiu transferir sua embaixada para Jerusalém.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895