Bolsonaro convoca atos contra Congresso em março
capa

Bolsonaro convoca atos contra Congresso em março

Manifestações estão marcadas para 15 de março

Por
Correio do Povo

Congresso e Planalto vivem momento de tensão


publicidade

No último dia de folga em Guarujá, no litoral de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro foi ontem à praia, onde cumprimentou banhistas e posou para fotos. Um de seus primeiros atos ao voltar para Brasília deve ser o envio da proposta de reforma administrativa ao Congresso. Nos últimos dias, Bolsonaro tem compartilhado pelo Whatsapp um chamamento para atos no dia 15 de março contra o Congresso, organizados após declaração do general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional, de que o governo era “chantageado” pelos parlamentares. 

Em vídeo compartilhado pelo presidente, há imagens do atentado a faca que ele sofreu durante a campanha eleitoral, em 2018, acompanhada da afirmação de que ele “quase morreu” para defender o Brasil. O texto que aparece na tela tem frases como “Ele está enfrentando a esquerda corrupta e sanguinária por nós”. E encerra com “15 de março. Gen Heleno/Cap Bolsonaro. O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre”.


Uma das primeiras reações à postagem de Bolsonaro foi do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “Estamos com uma crise institucional de consequências gravíssimas. Calar seria concordar.”