Bolsonaro deverá ingerir alimentação cremosa no jantar
capa

Bolsonaro deverá ingerir alimentação cremosa no jantar

Presidente deverá ter dieta de 2 mil calorias nos próximos dias

Por
Estadão Conteúdo

Bolsonaro teve sonda retirada e caminhou no hospital

publicidade

O médico Antonio Luiz Macedo, cirurgião chefe que comanda a equipe que atende o presidente Jair Bolsonaro no Hospital Vila Nova Star, disse neste sábado aos jornalistas que vai introduzir alimentação cremosa na dieta do presidente. Desta forma, ele volta a ingerir comida ao longo desta noite.

Segundo o médico, Bolsonaro está "bem, sem febre, sem dor e alegre". O presidente vai deixar a dieta líquida e jantar creme de mandioquinha. Segundo Macedo, o objetivo é que Bolsonaro consuma 2 mil calorias por dia.

O presidente passou o dia com familiares e assistiu ao jogo do Palmeiras na TV. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, foi ao hospital e ficou 13 minutos. Saiu sem falar com a imprensa. A assessoria da Presidência da República não confirma se o presidente e o ministro se encontraram.