capa

Bolsonaro exonera presidente da Funai, Franklimberg Ribeiro

General era alvo de pressão de ruralistas liderados pelo amigo do presidente, Nabhan Garcia

Por
Estadão Conteúdo

Em conversa interna, general relatou que futuro do órgão é incerto

publicidade

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), general Franklimberg Ribeiro de Freitas, confirmou nesta terça-feira que foi exonerado do cargo. O general disse à reportagem que foi avisado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos de que sua exoneração seria publicada nesta quarta-feira, no Diário Oficial da União.

Franklimberg é alvo de pressão de um grupo de ruralistas liderado pelo secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antonio Nabhan Garcia. Amigo do presidente Jair Bolsonaro, Nabhan Garcia passou a ser o principal articulador de mudanças na demarcação de terras indígenas e licenciamento ambiental dessas áreas.

Em um discurso de despedida para servidores, o general disse que Nabhan "odeia os indígenas". "Há vetores externos sobre a Funai que, em seu histórico, sempre estão prevalecendo sobre as políticas indígenas. Hoje, o futuro da Funai é incerto." Nabhan disse que só vai se pronunciar após a publicação da exoneração.