Câmara de Representantes dos EUA aprova impeachment de Donald Trump

Câmara de Representantes dos EUA aprova impeachment de Donald Trump

Presidente sofreu o segundo impeachment no mesmo mandato

Correio do Povo

Sessão comandada por Nancy Pelosi sacramentou nova derrota de Trump na Câmara dos Representantes

publicidade

Donald Trump tornou-se o primeiro presidente dos Estados Unidos a sofrer dois impeachments no mesmo mandato. A Câmara dos Representantes aprovou a resolução contra Trump nesta quarta-feira por 232 votos favoráveis – incluindo os votos de dez republicanos, que são do partido do presidente. Outros 197 – todos republicanos – rechaçaram a proposta, enquanto quatro correligionários do presidente não votaram. Todos os 222 democratas se manifestaram pelo impeachment. 

O novo pedido de impeachment de Trump foi baseado no que os parlamentares consideraram incitação à insurreição, uma semana atrás, em razão da invasão ao Congresso, no momento da certificação da vitória de Joe Biden na eleição. Na ocasião, antes de uma multidão partir para o Capitólio, o presidente fez um discurso incitando os apoiadores a não reconhecer a vitória de Biden. 

A aprovação na Câmara dos Representantes não significa que Trump será afastado imediatamente da Casa Branca. Para isso, será necessário o aval do Senado, que poderá analisar o processo na semana que vem. O mandato do presidente norte-americano encerra em 20 de janeiro. Há uma possibilidade de a Casa analisar após a posse de Biden. Em caso de aprovação, Trump perderia os direitos políticos e não poderia voltar a concorrer em 2024. 

O Senado, que tem maioria republicana, já vetou o afastamento no fim de 2019. No entanto, esse apoio não está garantido para essa nova votação. Pouco antes da votação na Câmara, o líder do Partido Republicano no Senado, Mitch McConnell, afirmou que ainda não tomou uma decisão sobre como votará. De 100 senadores, 67 precisam ser favoráveis ao afastamento para o impeachment ser aprovado. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895