Comissão do Senado aprova convite para Ernesto Araújo falar sobre visita de Pompeo

Comissão do Senado aprova convite para Ernesto Araújo falar sobre visita de Pompeo

Chanceler já aceitou o convite e estará em uma audiência pública presencial do colegiado na próxima quinta-feira

AE

Comissão se reuniu nesta manhã

publicidade

Após um movimento para barrar 33 indicações do presidente Jair Bolsonaro para embaixadas brasileiras, a Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado aprovou um convite para o ministro do Itamaraty, Ernesto Araújo, esclarecer a visita do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, a Roraima, na última sexta-feira. De acordo com informações da comissão, o chanceler já aceitou o convite e estará em uma audiência pública presencial do colegiado na próxima quinta-feira, 23, às 10h. 

O requerimento foi apresentado pelo senador Telmário Mota (PROS-RR), que ameaçava barrar as sabatinas marcadas para esta segunda-feira, 21, em função da visita do secretário norte-americano. Na semana passada, Pompeo esteve em Roraima. 

O motivo da viagem foi pressionar o governo de Nicolás Maduro e demonstrar o alinhamento dos EUA com os países do vizinhos da Venezuela. Em Boa Vista, Pompeo se referiu a Maduro como "traficante de drogas", lembrando as acusações que os EUA fizeram contra o chavista em março.

Após a aprovação do requerimento, a CRE do Senado seguiu com as indicações. Na pauta desta segunda-feira, 21, estão previstas sabatinas com 33 indicadores de Bolsonaro para embaixadas brasileiras no exterior. As nomeações dependem de aprovação do Senado. Depois da comissão, a votação ainda passará pelo plenário, o que deve ocorrer até sexta-feira, 25.

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895