Ex-senador José Paulo Bisol morre aos 92 anos em Porto Alegre

Ex-senador José Paulo Bisol morre aos 92 anos em Porto Alegre

Velório e o enterro serão reservados à família

Correio do Povo

Bisol foi eleito senador pelo MDB em 1986

publicidade

O ex-senador José Paulo Bisol morreu, aos 92 anos, na manhã deste sábado, em Porto Alegre, por insuficiência respiratória. Ele estava internado no Hospital Moinhos de Vento há duas semanas. Antes disso, já havia sido internado algumas vezes. 

Segundo boletim médico, Bisol foi transferido de Osório para o Centro de Terapia Intensiva do Moinhos de Vento, no dia 31 de maio, com infarto agudo do miocárdio. Aos 92 anos, o desembargador aposentado, escritor e político tinha insuficiência renal crônica e teve suas condições agravadas por choque cardiogênico e séptico.

Bisol nasceu em Porto Alegre, em 22 de outubro de 1928. Foi deputado estadual, secretário de segurança do Estado e duas vezes candidato a vice-presidente de Luis Lula da Silva (PT). Em 1986, foi eleito senador pelo MDB. Em 2009, recebeu a medalha do Mérito Farroupilha, mais alta honraria concedida pelo parlamento gaúcho.

Bisol destacou-se como relator da subcomissão de patrimônio na CPMI do Orçamento, quando denunciou e juntou provas de corrupção envolvendo a construtora Odebrecht, que já naquele período mantinha esquemas junto ao governo federal para vencer licitações. O ex-senador deixa a esposa, Vera Lúcia Zanette, três filhos, Tula, Ricardo e Jairo, nove netos e um bisneto. Em respeito à pandemia, o velório e o enterro serão reservados à família. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895