Governo federal mantém previsão de inauguração da nova ponte do Guaíba para novembro

Governo federal mantém previsão de inauguração da nova ponte do Guaíba para novembro

Ministro Tarcísio Gomes de Freitas disse que definição de data para a cerimônia depende apenas da disponibilidade do presidente Jair Bolsonaro

Aristoteles Junior/Rádio Guaíba

As obras começaram em 2014 e estão na reta final, faltando apenas a pavimentação asfáltica

publicidade

Apesar de contar com pouco mais de 90% do projeto da segunda ponte sobre o Guaíba concluído, o governo federal se mantém firme na ideia de inaugurar a estrutura ainda em 2020. As obras começaram em 2014 e estão na reta final, faltando a pavimentação asfáltica nos 7,3 quilômetros de travessia.

Em entrevista ao programa Bom Dia, da Rádio Guaíba, na manhã desta segunda-feira, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou que a data de inauguração da ponte vai ser definida conforme a agenda do presidente Jair Bolsonaro, que participará da cerimônia de entrega. Ele admite, entretanto, que parte do projeto vai ficar pronto só depois da inauguração.

“Temos a questão da desocupação na Vila Areia. Mais de 400 famílias ainda precisam ser realocadas, e isso deve acontecer ao longo do ano que vem. Uma das partes da ponte, que dá acesso ao Centro da cidade, ainda estará em obras tão logo a gente consiga realizar as remoções”, explicou o ministro.

Por se tratar de um empreendimento estatal, a obra não chegou a sofrer com interrupções no período mais restritivo da quarentena provocada pela pandemia. Ainda assim, a União avalia que a Covid-19 atrasou a entrega, já que as reuniões de conciliação para o reassentamento das famílias afetadas pela ponte foi totalmente paralisado.

Concessão de rodovias

O Ministério da Infraestrutura pretende conceder à iniciativa privada um novo lote de rodovias, dentre as quais se destacam duas das principais estradas gaúchas: a BR 116 e a BR 290. Ainda conforme Tarcísio Gomes de Freitas, essa licitação será lançada assim que alguns entraves burocráticos forem superados pela pasta, no início de 2022.

“Antes disso, vamos tentar concluir algumas ações pontuais. Nos próximos meses, devemos entregar cerca de três quilômetros de pista duplicada e a intersecção do acesso a Charqueadas, na BR 290. Teremos obras, ainda, em um viaduto e algumas ruas paralelas à rodovia em Pantano Grande. O resto vai ficar a cargo da futura concessionária”, explicou.

Calado do porto de Rio Grande

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas participa, nesta segunda-feira, da homologação do novo calado do porto do Rio Grande. O Governo Federal investiu quase R$ 500 milhões na obra, que levou dois anos para ficar pronta. Mais de 16 milhões de metros cúbicos de sedimentos foram retirados do canal de acesso no Litoral Sul do Estado.

Com isso, o principal porto gaúcho passará a receber navios de maior porte e com maior capacidade. O chefe da pasta de Infraestrutura também cumpre agenda em Porto Alegre, onde será recebido pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, em um almoço de trabalho.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895